Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 66.028 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Wesley – Diego – Da Cenarium

SÃO PAULO – O governo de São Paulo anunciou, na coletiva semanal do Centro de Contingência do Estado, a liberação do uso de máscaras em espaço aberto, a partir de 11 de dezembro. Segundo estimativas do governo, até o dia 30 de outubro, o Estado terá cerca de 80% da população completamente imunizada e, por isso, é segura a liberação do item de proteção. São Paulo segue o exemplo de outros locais, como o Estado do Rio de Janeiro, onde as máscaras já não são exigidas, desde outubro. 

“Tomamos essa medida baseados nas evidências científicas que demonstram uma queda superior a 90% no número de óbitos, internações em relação ao pico da pandemia e a aceleração da vacinação no Estado que mais vacina no Brasil”, disse o governador João Doria, durante a coletiva. O uso continuará obrigatório em locais fechados, como estações de trem, metrô e ônibus. Porém, a liberação do uso ficará a cargo das prefeituras, que têm autonomia para decidir continuar com a obrigatoriedade por mais tempo.

Passageiros aguardam ônibus no Terminal Princesa Isabel, região central de SP. (Foto: Wesley Diego/Cenarium)

Foi anunciada também uma mega-ação de reforço da vacinação envolvendo todos os municípios paulistas entre os dias 1º e 10 de dezembro. O objetivo é sensibilizar aqueles que não se vacinaram ainda ou que deixaram de tomar a segunda dose, é o que explica Regiane de Paula, coordenadora do Programa de Imunização: “É preciso avançar e, para isso, vamos fazer esse grande movimento, uma mobilização para que a gente possa trazer as pessoas e completar o esquema vacinal”.

A pandemia ainda não acabou

Médico infectologista e membro da diretoria da Sociedade Paulista de Infectologia, Evaldo de Araújo confirma que já estamos seguros para liberar as máscaras. “Acho os indicadores, em geral, bons e sustentados. Dessa forma, defendo a medida. O risco em ambientes abertos e com distanciamento é zero”. Mas, deixa um aviso: “O alerta que faço, entretanto, é que o vírus ainda circula e a vacinação isoladamente não evita a infecção. Então, em ambientes fechados ou abertos com aglomeração a máscara segue essencial”, responde Araújo em entrevista à CENARIUM.

Evaldo de Araújo, infectologista. (Reprodução/SPI)

A média diária de casos de Covid-19 está em 1.289 e a média de mortes em 61 vítimas. São Paulo lidera o ranking de populações vacinadas contra o novo coronavírus no Brasil, com aplicação da 1ª dose em 81% dos moradores do Estado totalizando 77 milhões de doses de vacinas contra Covid-19.

Mesmo com tanta gente vacinada, ao menos, 70 cidades do interior de São Paulo já cancelaram o carnaval de 2022. As prefeituras alegam receio do aumento dos casos de infecções pelo vírus, por conta da grande movimentação de pessoas. Algumas cidades alegam o cancelamento por respeito às famílias que perderam entes queridos.