Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 66.028 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Ívina Garcia – Da Revista Cenarium

MANAUS – O partido Cidadania, do pré-candidato ao Governo do Amazonas Amazonino Mendes, conseguiu, na Justiça, decisão favorável para representação aberta contra o Partido Social Cristão (PSC), que veiculou vídeo onde o ex-governador aparece com acessório de luxo avaliado em R$ 50 mil. No documento, o Cidadania pede que a propaganda seja retirada das redes sociais do PSC e deixe de ser exibida de forma urgente no rádio e na televisão.

A decisão, assinada pelo desembargador eleitoral Márcio André Lopes Cavalcante, analisou o pedido do partido e deferiu a representação, acatando a justificativa de ser uma “partida eleitoral negativa“. A reportagem da CENARIUM entrou em contato via e-mail com o PSC, mas até a publicação desta reportagem não obteve retorno.

Trecho da decisão do desembargador eleitoral Márcio Cavalcante (Reprodução)

O pedido feito pelo partido de Amazonino declara que a propaganda partidária veiculada descumpre as regras do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e só foram criadas para atacar a figura do pré-candidato.

Trecho da representação feita pelo partido Cidadania (Reprodução)

Assinado pelos advogados Yuri Dantas Barroso e Sergio Roberto Bulcao Bringel Junior, o texto da representação afirma, ainda, que a “peça publicitária é uma clara propaganda partidária irregular” e que não atende aos critérios estabelecidos pelo órgão para que ela seja de interesse público.

Relógio italiano

No último dia 3 de maio, A CENARIUM noticiou sobre a propaganda partidária do Partido Social Cristão (PSC) veiculada na televisão e rádio e indicou que Mendes tem um Panerai no valor de R$ 50 mil. Para a reportagem, o pré-candidato respondeu, por meio da assessoria, que o relógio está declarado no Imposto de Renda e “não foi comprado com recursos públicos”. 

A propaganda do PSC mostra o candidato usando as peças em várias circunstâncias, e declara que “o relógio que um homem usa mostra muito do que ele é”. Imagens mostram Amazonino Mendes usando o relógio, de tecnologia suíça, enquanto entra em uma embarcação de luxo e a pilota.

Leia também: Braga e Amazonino usam relógios mais caros que uma casa, aponta PSC em propaganda partidária

Leia o documento na íntegra: