Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 66.028 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Flickr Palácio do Planalto
Flickr Palácio do Planalto

Durante participação no Jornal da Cultura, a jornalista e apresentadora do Roda Viva, Vera Magalhães, avaliou que o grupo liderado pelo presidente Jair Bolsonaro sentiu o peso da retirada de perfis falsos ligados a seus apoiadores.

"A reação do presidente Jair Bolsonaro e dos seus principais apoiadores a derrubada por parte do
Facebook de vários perfis páginas e grupos ligados ao bolsonarismo mostra que a coisa foi sentida, ela foi de cautela. Não foi a mesma estridência de outras vezes”, disse.

O Facebook apagou nesta quarta-feira (8), 73 perfis ligados a bolsonaristas que mantinham comunicação frequente com cerca de um 1,8 milhões de seguidores por publicarem conteúdo considerado inadequado.

Na lista de perfis deletados consta que o assessor da presidência da república, Tecio Arnoud Tomaz, como responsável por uma das contas. Para Vera Magalhães, a denúncia da rede social é muito grave e pode desdobrar em investigações por crime eleitoral e por crime de responsabilidade.

"Fez com que eles colocarem as barbas de molho e não tivessem a mesma reação escandalosa das outras vezes", finalizou a jornalista.

O presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News, senador Angelo Coronel, do PSD da Bahia, pediu nesta quinta-feira (9), que o Facebook compartilhe os dados das contas excluídas da plataforma. O senador também informou que a Comissão pretende quebrar os sigilos bancário, fiscal e telemático de mais de 60 pessoas, já investigadas anteriormente.

Assista ao comentário da jornalista Vera Magalhães, no Jornal da Cultura: