Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 66.028 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Getty Images
Getty Images

Um especialista em segurança afirmou ao jornal holandês de Volkskrant nesta quinta (22) que acessou a conta no Twitter do presidente dos Estados Unidos, Donald Trumpapenas adivinhando a senha. 

Segundo o 'hacker', o holandês Victor Gevers, a conta não era protegida pela verificação em dois fatores, e ele teria adivinhado a senha, "maga2020!", na quinta tentativa. A sigla "MAGA" significa o slogan de campanha de Trump, "Make America Great Again". "Imaginei que seria bloqueado depois de falhar em quatro tentativas, ou pelo menos que a plataforma exigisse mais informações", disse Gevers ao jornal.

À imprensa norte-americana, a Casa Branca negou qualquer invasão da conta do presidente, mas o de Volkskrant publicou que as capturas de tela enviadas por Gevers foram analisadas por especialistas e corroboram sua versão.

O pesquisador afirmou que entrou imediatamente em contato com o governo dos Estados Unidos para avisar da falha de segurança e, dias depois, recebeu retorno do Serviço Secreto do país. A senha teria sido alterada e a verificação em dois fatores, ativada. 

Gevers já esteve envolvido em outra brecha de segurança na conta de Trump, em 2016, pouco antes da eleição. Na ocasião, ele e outros dois hackers conseguiram acessar a conta: a senha era, supostamente, "yourefired" ("Você está demitido", em português), bordão pelo qual Trump ficou conhecido no reality show O Aprendiz.